Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Morangos com Açúcar Agarra o Teu Futuro

Morangos com Açúcar Agarra o Teu Futuro - Morangos com Açúcar 8

Morangos com Açúcar Agarra o Teu Futuro - Morangos com Açúcar 8

Morangos com Açúcar Agarra o Teu Futuro

19
Abr11

Lourenço e Pedro salvam Marta e Inês (159º Episódio dos Morangos com Açúcar Agarra o Teu Futuro)

me
Morangos com Açúcar Agarra o Teu Futuro

159º Episódio dos Morangos com Açúcar Agarra o Teu Futuro


Marta está a acabar de fazer o curativo ao homem que está ferido. Está de joelhos no chão, a arrumar o algodão, as compressas e a água oxigenada dentro da caixa. Inês está afastada e observa tudo com atenção. De repente, vêem-se luzes azuis intermitentes do lado de fora da casa, de um carro da polícia. Os homens agarram Marta e Inês e pedem que estas fiquem caladas.

O carro da polícia está estacionado junto à casa, ainda com as luzes ligadas. Um dos polícias bate à porta. O homem com a arma esconde-se atrás da porta e apontando a arma a Marta pede-lhe que a abra e não diga que eles estão ali. O polícia diz que estão à procura de dois assaltantes perigosos que fugiram do estabelecimento prisional e que se dirigiram para aqueles lados. Marta, muito nervosa, diz não saber de nada.

De madrugada, Lourenço e Pedro chegam de táxi ao local onde a carrinha ficou. Os dois jovens trazem bidões com gasóleo, contudo apercebem-se que Leo ficou com as chaves da carrinha. Lourenço e Pedro decidem ir ter com Marta e Inês, pensando que estas estão preocupadas, sem notícias.

Marta e Inês estão sentadas encostadas à parede. Inês está a dormir, mas Marta continua acordada e alerta. Marta percebe que os homens estão a dormir e abana ligeiramente Inês, tentando acordá-la. Inês abre os olhos e Marta fala-lhe em voz baixa. Nesse momento, um dos homens acorda e Marta e Inês calam-se, tensas.

Lourenço e Pedro estão quase a chegar à casa, quando Lourenço vê um homem, junto à mesma. Os dois escondem-se atrás de uma árvore. Lourenço e Pedro estão cada vez mais intrigados e desconfiados. Os dois jovens gelam quando vêem Marta com uma arma apontada. Lourenço tem um plano.

Dentro de casa, os dois homens, Marta e Inês começam a ouvir um som estranho. Pedro está escondido a ladrar do lado de fora da casa. Os homens entreolham-se, cada vez mais intrigados com aqueles sons. Um dos homens vem à rua e Lourenço dá-lhe com um pau na cabeça. O ladrão fica desmaiado no chão.

A porta abre-se de rompante e Lourenço entra. Este fica surpreendido ao ver ali outro homem. Sem esperar mais, o segundo ladrão aponta a arma a Lourenço. O jovem tenta roubar-lhe a arma. Os dois andam à pancada, enrolados no chão. Marta e Inês choram, desesperadas. Lourenço larga o braço do homem. Começa a surgir sangue no braço de Lourenço. Pedro surge e bate no homem com um pau. Este cai no chão inanimado. Lourenço consegue levantar-se com grande esforço, mas de repente leva a mão à zona onde foi ferido e vê o sangue. Lourenço sente uma vertigem e cai em cima do sofá.

Já em Lisboa, Lourenço volta do Hospital com o pai, de braço ligado. Lourenço está muito cansado e acaba por adormecer. Joana espreita, muito preocupada com o filho, mas fica mais calma quando o vê a dormir profundamente. Marta conta às irmãs o que se passou, no Alentejo. Já Leo e Mariana contam a Javi, Papoila e Gil o sucedido. Paulo anda de um lado para o outro, enervado. Pedro e Inês estão sentados no sofá, calados e amuados. Carolina está de pé, séria.

Na sala de professores, Linda está nervosa e impaciente, sem nada para fazer. Está à espera de alguém e, enquanto essa pessoa não chega, come chocolates. Alexandra e Ricardo chegam e Linda abre um enorme sorriso. Linda pergunta como correu a conferência e o convívio entre os professores. Ângela e Zé Milho estão a perceber a intenção de Linda e sorriem, divertidos.

Marta, ao saber que Diogo vai para Paris viver, decide falar com os amigos e preparar uma festa surpresa de despedida no Chiclete. Violeta leva Diogo ao Bar Chiclete, contudo está tudo muito escuro quando estes entram. As luzes acendem-se e todos sorriem, batendo palmas, animados. Diogo fica boquiaberto com a surpresa

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2010
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub